Com série de contos, sueca Storytel cria ‘vacina’ anti-isolamento

Após abrir seu catálogo para não-assinantes por 30 dias, plataforma de áudio lança contos inéditos para ajudar ouvintes brasileiros na quarentena

0
438
Storytel quarentena contos áudio
Cultura na quarentena: fundada na Suécia em 2005, a Storytel lançou sua operação brasileira em setembro de 2019 (Foto: divulgação)

A Storytel criou um antídoto para o isolamento da quarentena: uma série de contos em áudio criada para ajudar o público brasileiro durante a pandemia. A plataforma sueca de podcasts e audiolivros lançou a novidade nesta sexta-feira (3/4). Ao todo, mais de 30 autores vão participar da iniciativa.

Batizada de Vai ficar tudo bem, a série trará contos de ficção inéditos, escritos por nomes como Francisco Azevedo, Chico Felitti, Martha Batalha, Cristina Judar e Edney Silvestre. As narrativas têm como objetivo “combater o momento de estranheza oferecendo acalanto nesse período de isolamento social”, segundo registra o site Publishnews, especializado no mercado editorial.

A cada sexta-feira, cinco novos contos da série, de autores diferentes, estarão disponíveis na plataforma. O episódio de estreia tem Francisco Azevedo, com o conto Conta comigo; Chico Felitti, com Ô, ô, ô; Luize Valente, com Não importa onde a gente esteja; Vinícius Grossos, com O menino do outro lado da porta; e Chris Melo, com É sempre mais escuro antes do fim.

Para que os conteúdos cheguem a mais pessoas, a Storytel levará a série a outras plataformas de áudio, como a também sueca Spotify e a Apple Podcasts. O cronograma inicial prevê novos episódios até o dia 24 de abril. A série poderá ser ampliada se as medidas de isolamento social forem estendidas.

Catálogo gratuito

E essa não é a única iniciativa da plataforma para tentar ajudar os brasileiros a enfrentarem a quarentena, medida necessária para reduzir a velocidade de disseminação do coronavírus. Em março, a empresa anunciou também que todo o seu catálogo estaria disponível para não-assinantes. Para saber mais sobre a iniciativa, clique aqui.

Fundada na Suécia em 2005, a Storytel estreou no Brasil oficialmente em setembro do ano passado. Em novembro, André Palme, que comanda a operação brasileira, foi um dos participantes do Scandinavian Day, seminário que em 2019 teve como tema “Valores e Negócios: A Experiência Escandinava”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui