Spotify terá curso sobre podcasts para jovens de periferia

Plataforma sueca de streaming vai lançar a edição brasileira do programa Sound Up, que oferece treinamento a comunidades menos favorecidas

0
561
O curso do Spotify sobre podcasts foi criado em 2018, e pela primeira vez será oferecido também no Brasil
Programa ampliado: em sua terceira temporada, o Sound Up será realizado em seis países (Foto: Muhammadtaha Ibrahim Ma'aji)

Pela primeira vez, o Brasil terá uma edição local do curso sobre podcasts que a plataforma sueca de streaming Spotify criou exclusivamente para populações menos favorecidas. No país, o Sound Up, nome oficial da iniciativa, será destinado a jovens negros que moram em bairros de periferia. As inscrições no país serão abertas no dia 29 de junho.

O Sound Up é um programa de capacitação de jovens que têm interesse em podcasts e comunicação, mas que muitas vezes não têm oportunidade para desenvolver suas aptidões. O que o Spotify propõe é ensinar como se produz um podcast e ceder a infraestrutura para isso.

A empresa lançou o programa em 2018 nos Estados Unidos e depois o levou para Reino Unido, Alemanha e Austrália. Os perfis dos participantes variam de país para país. Na Austrália, por exemplo, o Sound Up é voltado à comunidade aborígene. A Suécia, terra natal do Spotify – e que, com o Brasil, também vai estrear no projeto em 2020 -, abrirá inscrições para mulheres e pessoas que se declaram não-binárias e que já foram vítimas de discriminação racial, cultural, étnica ou religiosa.

Duas etapas

Neste ano, a iniciativa terá mudanças para se adequar às limitações impostas pela pandemia. A programação será dividida em duas fases. Na primeira, os selecionados participarão de um curso online de quatro semanas, a ser ministrado em 2020; as datas ainda serão divulgadas. Os alunos que demonstrarem maior potencial serão convidados para a etapa seguinte. Com treinamento presencial, eles terão suporte e orientação para desenvolver suas ideias de podcasts.

O curso terá aulas sobre temas como desenvolvimento de histórias, edição de áudio, criação de programas e gestão de podcasts como negócio. “Para que todos tenham acesso a tecnologia de maneira igual”, diz o Spotify, em comunicado, “nós providenciaremos computadores, redes wifi e equipamentos de gravação aos participantes”.

O Sound Up terá 20 vagas em cada país. No momento, as inscrições para a edição 2020 do programa estão abertas apenas nos EUA. O Spotify Brasil apresenta suas novidades em contas locais no Facebook, no Twitter e no Youtube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui