Início Turismo e Cultura Países nórdicos adaptam lazer no segundo verão da pandemia

Países nórdicos adaptam lazer no segundo verão da pandemia

Apesar de possuírem uma cobertura vacinal muito maior que o Brasil e viverem um momento de queda nos casos e mortes por Covid-19, países nórdicos inauguram inovações para tornar as opções de lazer neste segundo verão da pandemia mais seguras.

Lar de um dos 50 melhores bares do mundo, o Tjoget, de Estocolmo, a Suécia está ganhando um novo título: o maior bar ao ar livre do planeta. Desde 15 de junho o país criou o The Drinkable Country, com a instalação de 16 pontos de bar em alguns dos lugares mais pitorescos do país, como Arjeplog e Liehittäja (Lapônia sueca), Grövelsjön (Dalarna), Orbaden (Gävleborg), Nyköping (Sörmland), Salthamn (Gotland), Ramsvik e Göta Kanal (Suécia Ocidental), Falkenberg (Halland), Kasteberg , Asa, Wallby e Stufvenäs (Småland), Ormanäs, Vånga e Ven (Skåne).

Depois de ter criado em 2019 o The Edible Country, uma experiência de alta gastronomia em mesas a céu aberto em meio à natureza sueca, o país inova com o projeto de bares. O cardápio varia de acordo com cada uma das 16 localidades das mesas ao ar livre. Assim, há uma conexão com ingredientes locais e a possibilidade de criação de drinks pelos próprios clientes, com a ajuda de um guia.

“The Drinkable Country torna possível para os visitantes explorar os sabores suecos de classe mundial diretamente da natureza. A grande despensa do país com frutas silvestres, plantas e água doce oferece muitas experiências de consumo fantásticas que queremos mostrar a muitos mais. ” Diz a Jens Heed, que lidera o programa de Turismo de Refeições na Visit Sweden.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia também

O presidente finlandês Sauli Niinistö com o americano Donald Trump: a Finlândia proclamou sua independência da Rússia há mais de um século

“A Finlândia é parte da Rússia?” Livro revela pergunta de Trump

0
Donald Trump certa vez perguntou a seu chefe de gabinete se a Finlândia fazia parte da Rússia - e isso quando o presidente dos...
- Publicidade -