Sociedade

- Publicidade -

Por que o Nobel da Paz é entregue em Oslo e os demais, em Estocolmo

Não há uma cerimônia de entrega dos prêmios, mas duas, realizadas sempre no dia 10 de dezembro nas capitais da Noruega e da Suécia

Como uma descoberta sobre a peste negra na Suécia pode reescrever os livros de história

Cientistas encontraram versão mais antiga de que se tem notícia da bactéria que causa a peste bubônica; doença matou um terço da população europeia no século 14

Até a Miss Islândia é estrangeira: número de imigrantes no país cresce 50% em seis anos

Poloneses e lituanos são os maiores grupos de residentes nascidos em outros países; atrair trabalhadores estrangeiros é considerado vital para a economia islandesa

Como a negociação do orçamento levou à criação de um centro de detenção em uma ilha remota na Dinamarca

Abrigo dinamarquês - que o governo nega ser uma prisão - funcionará na ilha de Lindholm, que hoje abriga um centro de pesquisas de doenças contagiosas de animais

Como a Islândia, que celebra 100 anos de soberania, ficou independente duas vezes

País comemora centenário da independência neste 1º de dezembro, mas também tem o 17 de junho como data nacional; foram dois atos para desfazer de vez os laços com a Dinamarca

Número de imigrantes na Dinamarca deve dobrar até 2060. Empresários acham isso bom, e alguns políticos, nem tanto

Dado expõe, de um lado, a carência por mão de obra, e de outro, a dificuldade de integração dos recém-chegados

O que faz da Islândia o destino turístico mais seguro do mundo

Como se não bastasse ser linda, o que por si só já seria um chamariz e tanto para seus visitantes, a Islândia é também o destino turístico mais seguro do planeta. E o feito não é casual: em 2018, pela décimo ano consecutivo, a Terra do Gelo apareceu no topo dos

Finlândia pode atrair 35 mil estrangeiros até 2023 para suprir demanda por mão de obra qualificada

Se depender da avaliação feita pelo setor industrial finlandês, o país deve acelerar a atração de talentos estrangeiros nos próximos anos. A Confederação das Indústrias da Finlândia (EK, na sigla original) acredita que o

Depois do Hygge é a vez do Lykke

O bem-estar à maneira escandinava e o que isso tem a ver com o nosso próprio jeito de desfrutar a vida. Há cerca de cinco anos o termo hygge (pronuncia-se “hoo-gah” ou ru-ga”) vem tentando ser traduzido mundo afora. A palavra dinamarquesa atravessou as fronteiras da Escandinávia graças ao livro

Greenspan: a resposta para os problemas de bem-estar social dos EUA está na Suécia

Os Estados Unidos poderiam seguir o exemplo da Suécia para resolver seus problemas com o estado de bem-estar social. A afirmação é de ninguém menos que Alan Greenspan, o longevo e respeitado