Preloader

Sociedade

Escandinavos estão entre os países mais atrativos para talentos, diz pesquisa

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
Escandinavos estão entre os países mais atrativos para talentos, diz pesquisa

Dos sete países mais competitivos para a atração de talentos para o mercado de trabalho, quatro ficam na Escandinávia, segundo a nova versão do ranking Global Talent Competitiveness Index, elaborado pela escola de negócios francesa Insead. Da região, os países mais bem-colocados na lista são, pela ordem, Noruega (4), Dinamarca (5), Finlândia (6) e Suécia (7). A Islândia, em 13 lugar, também apareceu em destaque, ainda que não tenha figurado entre os dez primeiros.

O relatório da Insead, escola que tem unidades em Paris, Cingapura e Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), mede os níveis da competitividade na atração de talentos com base em 68 variáveis. Na edição deste ano, foram avaliados 125 países. Assim como em 2018, Suíça, Cingapura e Estados Unidos apareceram, nesta ordem, nas três primeiras posições. O Brasil ficou na 72 colocação.

O ranking, divulgado nesta segunda-feira (21/1), também avalia a capacidade das cidades para atrair e reter talentos. Mais uma vez, os escandinavos aparecem em destaque, com três entre as dez primeiras colocadas: Copenhague (2), Oslo (3) e Helsinque (7). Ao todo, 114 municípios foram avaliados.

As 68 variáveis consideradas no estudo foram divididas em quatro categorias principais: a capacidade de uma nação de permitir, atrair, crescer e reter o empreendedorismo. Esses quatro pilares foram então subdivididos em categorias, como o ambiente regulatório, a qualidade das instituições de ensino e a qualidade de vida.

Clique aqui e conheça o ranking completo.