Preloader

Sociedade

Menina de 8 anos recebe recompensa depois de encontrar na Suécia espada viking de 1500 anos

terça-feira, 15 de janeiro de 2019
Menina de 8 anos recebe recompensa depois de encontrar na Suécia espada viking de 1500 anos

Saga Vanecek ganhou fama internacional em 2018 ao encontrar na Suécia uma raríssima espada viking, com idade estimada em 1500 anos. Nesta semana, o feito rendeu divindendos à pequena arqueóloga acidental: o Conselho do Patrimônio Nacional do país ofereceu à menina uma recompensa de 15 mil coroas (o equivalente a R$ 6,2 mil) " por sua contribuição à história cultural sueca".

A peça foi encontrada no Lago Vidöstern, no sul do país, enquanto Saga, de 8 anos, brincava na água durante um passeio com a família. A espada tem cerca de 85cm de comprimento e, no momento do achado, estava muito bem preservada, incluindo sua bainha, feita de madeira e couro.

 

Ela ainda permanecerá em Gotemburgo por um ano para passar por um trabalho de restauração. Depois disso, o Conselho do Patrimônio Nacional decidirá qual museu passará a exibir o item. "O mais provável é que acabe no County Museum, em Jönköping, disse à rede SVT Anna Kristensson, arqueóloga do Conselho Administrativo do Condado de Jönköping, onde a espada foi encontrada.

Nascida nos Estados Unidos, Saga havia mudado com a família para o novo país fazia pouco tempo. Por ter encontrado a relíquia, muitos suecos passaram a chamá-la de "Rainha da Suécia", em alusão à lenda do Rei Artur, que, segundo uma das versões, teria recebido a espada Excalibur da Dama do Lago (a outra versão da lenda diz que Artur retirou uma espada de uma pedra).