Preloader

Sociedade

Finlândia conquista vaga na Euro e realiza "sonho de 80 anos"

sábado, 16 de novembro de 2019
Finlândia conquista vaga na Euro e realiza "sonho de 80 anos"

O hóquei no gelo e o pesäpallo, uma espécie de versão finlandesa do baseball, estão entre os esportes mais populares do país, o que não significa que os finlandeses fossem indiferentes ao fato de sua seleção de futebol jamais ter disputado uma grande competição internacional. Pois a prova de que o futebol também move paixões na Finlândia foi dada na noite desta sexta-feira (15/11): ao assegurarem vaga na Eurocopa pela primeira vez, os finlandeses celebraram com invasão de gramado (foto), fogos de artifício pipocando por Helsinque e ruas centrais da capital tomadas por fãs ensandecidos.

A conquista veio com uma vitória por 3 a 0 sobre Liechtenstein, em partida válida pela penúltima rodada das eliminatórias da Euro 2020. Com a vitória na Arena Telia 5G, em Helsinque, a Finlândia assegurou o segundo lugar no grupo J das eliminatórias, o suficiente para chegar à competição continental. A Itália ficou em primeiro lugar no grupo.

LEIA TAMBÉM:
Seleção de futebol iguala premiações de homens e mulheres - na Finlândia
Conheça Pia Sundhage, a treinadora sueca da seleção brasileira feminina
O que faz a força das escandinavas no futebol? Mais que dinheiro, oportunidade

Sem nenhum exagero, a chegada à Euro é um marco na história do futebol finlandês. Ao longo de mais de oito décadas, a equipe nacional disputou nada menos que 32 eliminatórias para a Copa do Mundo e para a Eurocopa, sem nunca ter conseguido participar de nenhuma das duas competições.

“Nós sonhamos com esse momento desde que disputamos as eliminatórias para a Copa do Mundo de 1938", diz o texto postado na conta oficial da seleção no Twitter (ver abaixo). "O sonho de gerações virou realidade, e no próximo verão a Finlândia vai festejar como nunca." O país era o único entre os escandinavos a jamais ter disputado nem o torneio europeu de seleções nem o Mundial.

 

We have dreamt of THIS since we first attended the 1938 WC Qualifiers.

THE DREAM OF GENERATIONS has come true and next summer the whole Finland will party like NEVER before.

Welcome to follow the #Huuhkajat journey to #EURO2020 FOR THE FIRST TIME EVER!!!!!! ??????? pic.twitter.com/FVcRwaHqe3

— Huuhkajat (@Huuhkajat) 15 de novembro de 2019

 

Há exatamente um mês, o Scandinavian Way contou a trajetória do atacante Teemu Pukki, o principal jogador da equipe, e como ele estava perto de fazer história com a seleção de seu país. Nesta sexta-feira, logo após a conquista da vaga, o artilheiro mal sabia como expressar sua alegria. "Eu estou sem palavras. É uma loucura. Nós conseguimos!" Ao anotar dois dos três gols da vitória sobre Liechtenstein, Pukki chegou à estupenda marca de nove gols em nove partidas disputadas nas eliminatórias do torneio.

Com popularidade crescente na Finlândia, o futebol certamente deu um novo passo adiante para ganhar mais corações no país. E, se depender do goleiro Lukas Hradecky, logo dará outro: ele sugeriu que o 15 de novembro, dia da conquista da vaga na Euro 2020, se transforme em feriado. "Na minha opinião, esta seria uma boa data para um feriado nacional", disse. "Nós realizamos nosso sonho, e muitas pessoas compartilham essa ideia conosco."

(Em tempo: a Suécia também se classificou para a Euro 2020 nesta sexta ao derrotar a Romênia por 2 a 0. Será a sexta participação consecutiva dos suecos no torneio. A Dinamarca, por sua vez, campeão europeia em 1992, pode também conquistar uma vaga. Os dinamarqueses precisam de um empate na segunda-feira, em jogo decisivo contra a Irlanda, em Dublin.)