Preloader

Inovação

Autônomo é pouco: sueca Scania apresenta caminhão sem cabine

terça-feira, 1 de outubro de 2019
Autônomo é pouco: sueca Scania apresenta caminhão sem cabine

A Scania decidiu levar a um novo patamar o desenvolvimento de veículos autônomos ao apresentar um caminhão que não só dispensa a presença de motorista como sequer tem espaço para acomodar um. Batizado de AXL, o caminhão-conceito da companhia sueca, que acaba de ser apresentado, simplesmente não tem cabine.

A empresa divulgou informações, fotos e vídeos do caminhão na última semana, mas deve fazer nesta quarta-feira (2/10) uma exibição ao vivo do veículo em pleno funcionamento. A apresentação está prevista para ocorrer no Innovation Day, evento que será realizado em Estocolmo e é organizado pela Traton, a holding controladora da Scania.

LEI TAMBÉM:
Líder em carros elétricos, Noruega agora vai fabricar seu próprio modelo
Conheça o Sion, o carro elétrico feito na Suécia que é autossuficiente e 100% reciclável
Mineradora norueguesa e Volvo fecham acordo inédito para uso de caminhões autônomos

O AXL foi desenvolvido com a participação de especialistas de diferentes áreas da Scania, segundo a empresa. Criado para ser usado em atividades como mineração e construção civil, que exigem muita perícia dos motoristas, o caminhão é conduzido e monitorado por um ambiente de controle inteligente. Quando ele circular por áreas de mineração, por exemplo, sua autonomia será facilitada por um sistema de logística que informará ao veículo como ele deve se portar nas manobras e trajetos.

"Nós já temos caminhões autônomos em fase operacional com clientes, mas, até agora, todos eles têm espaço para um motorista, que pode intervir, se necessário. O AXL não possui cabine, e isso muda completamente o jogo”, disse, em comunicado, Claes Erixon, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Scania.

O fato de o novo caminhão da empresa ter sido projetado para servir à indústria pesada não significa que ele será altamente poluidor. Na verdade, o motor do AXL é alimentado por biocombustível renovável. A empresa não revelou quando (ou mesmo se) o veículo deixará de ser apenas um conceito para começar a ser produzido em escala comercial.

Veja abaixo o Scania AXL em ação: