Preloader

Sociedade

Três universidades escandinavas estão entre as 100 melhores do mundo

quinta-feira, 12 de setembro de 2019
Três universidades escandinavas estão entre as 100 melhores do mundo

Três universidades escandinavas estão entre as 100 melhores do mundo, segundo a nova edição do ranking anual da revista britânica Times Higher Education, o mais importante comparativo internacional de instituições de ensino superior. O Karolinska Institute, da Suécia, aparece em 41º lugar, enquanto as universidade de Helsinque (Finlândia, na foto) e Lund (Suécia) estão empatadas na 96ª posição.

LEIA TAMBÉM:
Evento apresenta empresas e universidades suecas a estudantes brasileiros
Na Finlândia, exemplar em educação, os professores querem turmas menores
Finlândia quer exportar seu modelo educacional para o Peru

Na nova edição do ranking, revelada nesta quarta-feira (11/9), as escandinavas apareceram com um nome a menos entre as 100 primeiras - a Uppsala University, 87ª colocada em 2018, ficou em 102º neste ano. Em contrapartida, a Universidade de Copenhague (Dinamarca) avançou 15 posições de um ano para outro e ficou a um degrau das 100 primeiras, ocupando a 101ª colocação.

Criado em 2004, o ranking da Times Higher Education tem sido elaborado desde 2013 em parceria com a Elsevier, empresa especializada em informações e publicações técnicas e científicas. Para chegar à lista final, a revista avalia cinco critérios principais: qualidade de ensino (item em que entram ambiente de aprendizagem, reputação, desempenho estudantil, número de professores com doutorado, docentes premiados e renda institucional), volume de publicações de pesquisa, citações em artigos científicos, projeção internacional (número de alunos e de professores estrangeiros) e troca de conhecimento com outras instituições.

Entre as dez principais universidades, só há instituições dos Estados Unidos e do Reino Unido - pelo quarto ano seguido, a primeira colocada é a britânica Oxford. Na nova edição do ranking, 46 universidades brasileiras figuraram na lista total, 11 a mais que no ano passado, embora nenhuma tenha ficado entre as 200 primeiras. A Universidade de São Paulo (USP) seguiu como a mais bem-colocada entre as brasileiras, na colocação 251-300.

Clique aqui para conhecer a edição 2020 do ranking.