Preloader

Meio Ambiente e Sustentabilidade

O petróleo é passado? Suécia inaugura inédito museu de combustíveis fósseis

quarta-feira, 28 de agosto de 2019
O petróleo é passado? Suécia inaugura inédito museu de combustíveis fósseis

O petróleo e seus derivados podem ainda estar no cotidiano das pessoas ao redor do planeta, mas, em um novo espaço na Suécia, eles já são tratados como coisa do passado. Estocolmo, a capital do país, acaba de inaugurar o Museu dos Combustíveis Fósseis, que tem sido apresentado como o primeiro do gênero no mundo.

O museu conta a história dos combustíveis fósseis do século 19 ao início do século 21, com um foco particular na indústria de transporte. Assim, os visitantes podem, por exemplo, experimentar o cheiro de gasolina, ouvir sons de motores de combustão interna e visitar a réplica de um posto de combustível típico do século 20. 

LEIA TAMBÉM:
Por que a Noruega é, sim, um exemplo a ser seguido em temas ambientais
- Carros a diesel ou gasolina serão peça de museu na Suécia a partir de 2030
Na Suécia, o museu dedicado a comidas nojentas agora tem casa própria

A ideia de criar o museu foi da Vattenfall, estatal sueca que atua na produção, distribuição e comercialização de energia elétrica, gás e em serviços de calefação urbana. Com a iniciativa, a empresa diz que pretende mostrar que em breve os combustíveis fósseis serão itens relegados apenas aos livros de história - e que o mundo vai ficar melhor quando isso ocorrer.

“A meta da Vattenfall é criar condições para uma vida livre de combustíveis fósseis dentro de uma geração, uma meta que acreditamos ser alcançável. Isso significa que os filhos de quem está nascendo agora nunca experimentarão muitas das coisas que hoje são comuns para nós", disse, em comunicado, Susanna Hurtig, diretora nórdica de mobilidade elétrica da companhia. “No museu, será possível experimentar sons, cheiros, cultura e fenômenos que vão desaparecer. Ele nos permite ver como um futuro mais sustentável vai relembrar dos nossos tempos."

As peças, imagens e outros itens que tratam o petróleo e outros combustíveis fósseis como coisa do passado foram reunidos no Museu da Fotografia, localizado no bairro de Södermalm, na região central de Estocolmo. A visitação é gratuita.