Preloader

Sociedade

Helsinque é a cidade com melhor qualidade de vida no trabalho no mundo, diz pesquisa

quinta-feira, 8 de agosto de 2019
Helsinque é a cidade com melhor qualidade de vida no trabalho no mundo, diz pesquisa

Helsinque, na Finlândia, é a cidade com melhor qualidade de vida no trabalho no mundo, segundo o estudo Work–Life Balance Index 2019, realizado pela empresa americana Kisi. Também presentes entre as dez primeiras colocadas, Oslo (Noruega) e Estocolmo (Suécia) ficaram na terceira e na sexta posições, respectivamente.

LEIA TAMBÉM:
Cultura vencedora: o que a Dinamarca pode ensinar ao mundo dos negócios
Escandinavos encabeçam lista de países que mais asseguram direitos trabalhistas, diz estudo
Na Suécia, trabalhadores ganham licença para abrir seu próprio negócio

Para montar o índice, a empresa analisou 20 diferentes indicadores, reunidos em três grupos principais: intensidade de trabalho; sociedade e instituições; e condições de habitação da cidade. Nesses pilares, a pesquisa analisou informações como número de horas trabalhadas por semana, mínimo de férias oferecido, desemprego, tempo de licença-maternidade e licença-paternidade, índice de desenvolvimento humano (IDH), saúde pública, equidade de gênero, diversidade e meio ambiente, registra o site da revista Época Negócios

Dos 20 itens analisados, Helsique ficou em primeiro lugar no número de horas de licença parental remunerada (1127) e no índice de felicidade. Oslo, por sua vez, ficou em primeiro lugar em equidade de gênero, acesso a serviços de saúde mental e com a menor média de carga de trabalho (38,9 horas por semana), enquanto Estocolmo liderou no índice de igualdade, que inclui políticas afirmativas para a população LGBT, e ao apresentar a menor proporção de pessoas que trabalham mais de 48 horas por semana.

“O estudo não tem intenção de ser um guia de qualidade de vida, sequer uma lista das melhores cidades para se trabalhar, mas, sim, ser um guia para orientar cidades que queiram melhorar a qualidade de vida de seus residentes e ajudá-los a aliviar o estresse relacinado à rotina de trabalho”, diz o site da pesquisa.

Para selecionar as 40 cidades da lista, o índice levou em conta locais com bancos de dados confiáveis – foram analisados mais de 5 mil para a realização do estudo. Em 30º lugar, São Paulo é a única cidade brasileira que aparece no levantamento.