Preloader

Inovação

Finlândia será campo de testes de serviço de entrega por drone da dona do Google

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018
Finlândia será campo de testes de serviço de entrega por drone da dona do Google

A Wing, startup de entregas por drones da Alphabet, a controladora do Google, anunciou para 2019 o início dos testes do serviço na Finlândia. A empresa vai oferecer, a partir do segundo trimestre do próximo ano, entregas de 10 minutos de itens de 1,5kg de peso, no máximo, em distâncias de até 10km na capital do país, Helsinque. As entregas estarão disponíveis gratuitamente como parte dos testes. A cobrança será feita apenas quando o serviço estiver disponível em escala comercial.

A empresa já está fazendo testes semelhantes na Austrália, onde já há registros de milhares de entregas de itens que vão de burritos e utensílios domésticos a remédios. Para a Finlândia, no entanto, ainda não está definido que tipo de produto poderá ser transportado. Os consumidores podem fazer sugestões no site da empresa - entre os itens sugeridos aparecem alimentos, analgésicos e itens de emergência, como fraldas.

Além de oferecer entregas mais rápidas a preços mais baixos para empresas e clientes, a Wing afirma que seus drones são ambientalmente mais atrativos que seus concorrentes que operam em solo, como informa o site The Verge. Segundo a empresa, 12% dos gases do efeito estufa na Finlândia são emitidos pelo transporte rodoviário. Suas entregas, em contrapartida, têm uma pegada de carbono 22 vezes menor do que as alternativas tradicionais.

A Amazon, maior rival da Wing no delivery por drones, colocou em testes em 2016 no Reino Unido o serviço “Prime Air”. No entanto, nem a Amazon nem a Wing realizaram testes em grande escala nos Estados Unidos, em parte devido às regras de aviação mais rígidas do país. Uma tentativa do Wing de fazer entregas para a rede de cafeterias Starbucks foi desativada depois de alguns meses.