Preloader

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Em nome da preservação, Noruega proíbe pesca até de bacalhau

segunda-feira, 17 de junho de 2019
Em nome da preservação, Noruega proíbe pesca até de bacalhau

O bacalhau como conhecemos é mais uma referência ao método de preparo do que ao peixe propriamente dito, mas o cod, uma espécie encontrada apenas nos mares frio do Hemisfério Norte, é amplamente tratada como o "legítimo bacalhau da Noruega". Assim, esse peixe acabou se transformando em sinônimo da culinária norueguesa, o que não impediu o país de, em nome da preservação, decidir proibir temporariamente a pesca dessa espécie em parte de sua costa.

Para recompor os estoques de cod no fiorde de Oslo, a pesca do peixe está proibida até o fim deste ano. Segundo as pesquisas que embasaram a decisão, que acaba de entrar em vigor, a população de cod simplesmente desapareceu em trechos da costa ao sul e ao leste do país, incluindo, em particular, o fiorde de Oslo, em torno do qual vivem 40% dos noruegueses. A restrição se estende da província de Telemark até a fronteira com a Suécia.

LEIA TAMBÉM:
Alga tóxica se alastra e dizima criadouros de salmões na Noruega
Cidade norueguesa rejeita projeto de vender gelo de glaciar a bares
Para proteger paraíso natural, Noruega rejeita perfurar poço bilionário de petróleo

"Estou preocupado com o baixo estoque que temos do bacalhau costeiro. Assim, é importante que, juntos, ajudemos a reconstruir essa população", disse o Ministro da Pesca, Harald T. Nesvik. "É importante que os praticantes da pesca recreativa libertem o bacalhau o mais suavemente possível para que ele possa crescer e se reproduzir."

As autoridades norueguesas frequentemente apontam a pesca recreativa como uma principaís razões para a queda dos estoques do bacalhau costeiro, que tem se acentuado nos últimos anos. As mudanças climáticas no planeta e seus desdobramentos também aparecem entre os motivos citados para a redução da oferta desse peixe.

Para estimular a adesão dos pescadores, o governo suspendeu as restrições de captura de outras espécies, que não estão ameaçadas. A restrição que acaba de entrar em vigor amplia um defeso que já existe. Na Noruega, a pesca do bacalhau é proibida de 1º de janeiro a 30 de abril em 14 áreas identificadas como de desova da espécie.