Preloader

Sociedade

Universidade sueca integra programa com bolsas para estudos sobre a paz

sexta-feira, 26 de abril de 2019
Universidade sueca integra programa com bolsas para estudos sobre a paz

A sueca Uppsala University, a mais antiga universidade da Escandinávia - ela foi fundada em 1477 -, é uma das seis do mundo que integram a iniciativa "Bolsas Rotary pela Paz", do Rotary Internacional, que oferece 100 bolsas integrais para mestrado e especialização interdisciplinar em estudos sobre o tema. As inscrições estão abertas até o dia 31 de maio.

Os "Estudos da Paz e Conflitos" são um campo que analisa mecanismos de conflitos sociais e trabalha para identificar comportamentos violentos e não-violentos na interação entre pessoas e sociedades. Um subcampo, registra o site Estudar Fora, são os “Estudos pela Paz”, um esforço interdisciplinar que pretende prevenir e resolver conflitos em escala - em contraste com os estudos da guerra, direcionados à busca de vitória em conflitos.

LEIA TAMBÉM:
Por que o Nobel da Paz é entregue em Oslo e os demais, em Estocolmo
Em novo ranking, Islândia aparece mais uma vez como o país mais seguro do mundo
Como a polícia finlandesa conseguiu ganhar a confiança de 95% da população

Além das mensalidades e taxas escolares, o Rotary Internacional oferece apoio financeiro para arcar também com as despesas com passagens aéreas até o país, moradia e alimentação durante o curso. Tanto os mestrados quanto a especialização incluem estudos multidisciplinares em ciência política, geografia, economia, psicologia, sociologia, relações internacionais, história, antropologia, estudos religiosos e de gênero, entre outras disciplinas.

Ao todo, serão 50 bolsas de mestrado integrais para cursos com duração de 15 a 24 meses nas áreas de paz, prevenção e resolução de conflitos. Nessa modalidade, além da Uppsala University, estão Duke University e University of North Carolina, Chapel Hill (EUA), International Christian University (Japão), University of Bradford (Inglaterra) e University of Queensland (Austrália).

Os programas exigem estágio de dois a três meses durante o recesso acadêmico. Para se candidatar, é preciso ser fluente em inglês, demonstrar sério compromisso com a paz e compreensão mundial - revelado por meio de atividades de prestação de serviços comunitários ou realizações pessoais, acadêmicas e profissionais -, demonstrar habilidade de liderança e ter no mínimo três anos de experiência voluntária ou profissional em alguma área relacionada à promoção da paz em período integral.

As outras 50 bolsas, de especialização, serão para um programa de três meses de estudos sobre a paz, prevenção e resolução de conflitos que serão desenvolvidos na Chulalongkorn University, em Bangcoc, na Tailândia. Para esse curso, além dos pré-requisitos necessários ao curso de mestrado, como fluência em inglês e habilidade de liderança, é preciso comprovar cinco anos de experiência profissional na área de promoção da paz e apresentar histórico acadêmico.

Clique aqui para saber mais e se candidatar ao programa na Uppsala University.