Preloader

Sociedade

Noruegueses anunciam rara descoberta de barco da Era Viking

quarta-feira, 27 de março de 2019
Noruegueses anunciam rara descoberta de barco da Era Viking

Pesquisadores noruegueses revelaram nesta semana uma descoberta rara: a de um barco viking. A embarcação havia sido encontrada em 2017, mas o feito só foi anunciado agora porque os cientistas ainda estavam fazendo testes para verificar se o achado era de fato genuíno, como informa a emissora NRK.

A descoberta ocorreu no condado de Vestfold, banhado pelo fiorde de Oslo. O local é conhecido dos arqueólogos por abrigar muitos túmulos que datam do início da Idade do Ferro. "Isso é a história genuína da Noruega, e não estamos exagerando", disse à emissora Ola Elvestuen, ministro do Clima e Meio Ambiente do país. "O achado vai chamar a atenção de todo o mundo."

LEIA TAMBÉM:
Espada medieval é descoberta durante as obras em um esgoto na Dinamarca
Menina de 8 anos recebe recompensa depois de encontrar na Suécia espada viking de 1500 anos
Como uma descoberta sobre a peste negra na Suécia pode reescrever os livros de história

Os restos do barco foram encontrados com a ajuda de um radar que permite identificar materiais no subsolo. Terje Gansum, responsável pelo patrimônio cultural do país, explicou que o radar revelou imagens que têm a "forma de barco'' - acredita-se que a embarcação tenha pelo menos 15 metros de comprimento. Ainda não se sabe com certeza, no entanto, como está seu estado de conservação, registra o site Sputnik Brasil

Vestfold é um lugar que tem elevada concentração de patrimônio da Era dos Vikings. Os barcos mais bem preservados foram encontrados na região, incluindo Oseberg e Gokstad, os mais famosos, que estão em exposição no Museu dos Barcos Vikings de Oslo. A imagem acima, de um barco usado em cerimônias funerais, é de um dos que estão no museu.

No entanto, só um dos sítios de Vestfold, conhecido como Skipshaugen ("Túmulo de Barcos''), foi cuidadosamente escavado. As escavações, realizadas ainda no século 19, levaram à descoberta de objetos valiosos e itens supostamente pertencentes à aristocracia dos vikings. Muitos achados estão em exposição no Centro Viking de Midgard.

No ano passado, outro barco antigo foi descoberto na margem oposta do fiorde de Oslo, mas, assim como no achado anunciado nesta semana, as escavações ainda não começaram. Ao todo, até hoje foram encontrados apenas sete túmulos de barcos da Era Viking (entre os anos 800 e 1050) na Europa, três deles na região de Vestfold. Contando com as duas descobertas mais recentes, o número de barcos encontrados sobe para nove.