Preloader

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Até 2024, um em cada cinco finlandeses pretende se desfazer de seus carros

segunda-feira, 25 de março de 2019
Até 2024, um em cada cinco finlandeses pretende se desfazer de seus carros

Até 2024, um em cada cinco finlandeses pretende simplesmente abrir mão de ter um carro, segundo uma pesquisa que acaba de ser divulgada no país. Em lugar do automóvel próprio, essas pessoas querem, nos próximos cinco anos, adotar alternativas mais sustentáveis de mobilidade, como bicicletas ou transporte público.

A disposição dos finlandeses de deixar de lado seus automóveis surpreendeu Johanna Särkijärvi, chefe de pesquisa climática e ambiental do Ministério dos Transportes e Comunicações, segundo registro do jornal Uusi Suomi

LEIA TAMBÉM:
Qualidade do ar de Islândia e Finlândia é a melhor do mundo, diz estudo
Finlândia vai abolir o uso de carvão mineral na geração de energia
Com reciclagem e incineração, apenas 1% do lixo finlandês vai para aterros

“Um estilo de vida livre de carros tem um impacto não apenas na forma de mobilidade, mas também nas decisões relacionadas a local e tipo de residência, por exemplo”, escreveu ela em um blog do Ministério. “O impacto seria enorme se um quinto dos proprietários de carros realmente desistirem de seus carros. Mesmo que apenas metade deles cumpra esse plano, estaríamos falando de um número significativo de pessoas."

O Barômetro Climático é uma pesquisa de opinião pública sobre mudanças climáticas e política de sustentabilidade realizada antes das eleições parlamentares, marcadas para abril. Os entrevistados foram perguntados sobre até que ponto a seguinte declaração descreve suas intenções: “Eu deixarei meu carro nos próximos cinco anos e passarei a usar serviços de mobilidade sustentável, como transporte público, bicicleta compartilhada ou carona."

Quase metade (48%) dos entrevistados disseram que a declaração descreve suas intenções muito mal e mais de um quinto (22%) descreve suas intenções em parte. Mais de um décimo (12%) dos entrevistados disseram que a declaração descreve bem suas intenções e mais de 6% que descreve suas intenções muito bem. Outros 11% dos entrevistados não souberam responder, registra o jornal Helsinki Times.

Särkijärvi destacou também que uma parcela ainda maior (40%) dos proprietários de automóveis pesquisados ??para o Barômetro revelou que eles já reduziram o uso de carros e aumentaram o uso de bicicletas ou de transportes públicos. Ela também lembrou que a demanda potencial por formas sustentáveis ??de mobilidade medidas na pesquisa não ocorrerá automaticamente.

“Num futuro próximo, as pessoas devem ter acesso a serviços atrativos de transporte público e de mobilidade e um bom ambiente para caminhar e andar de bicicleta, seja como formas independentes de mobilidade ou em conjunto com vários serviços de mobilidade. As empresas, os municípios e o estado têm todos trabalho a fazer a esse respeito”, disse Särkijärvi.

Segundo a Tilastokeskus, agência responsável pela estatísticas oficiais da Finlândia, havia 3,4 milhões de carros registrados na Finlândia em 2017. Desses, 2,7 milhões estavam em pleno uso. Ao todo, a pesquisa, realizada pela Kantar TNS entre os dias 1º e 7 de março, ouviu 1.013 pessoas.