Preloader

Escandinávia e Brasil

Tecnologia brasileira vai equipar caças da Suécia

Tecnologia brasileira vai equipar caças da Suécia

A Suécia decidiu padronizar as novas aeronaves Gripen E com o painel adotado pela versão brasileira. Os 60 caças encomendados pela força aérea sueca passarão a incluir, a partir de 2020, os displays desenvolvidos pela brasileira AEL Sistemas, o que vai permitir harmonizar os programas brasileiro e sueco.

Segundo a Aero Magazine, o sistema a ser adotado pelos suecos foi desenvolvido, inicialmente, para atender as necessidades operacionais da Força Aérea Brasileira. Como resultado da nova configuração padronizada entre as duas forças aéreas, os displays serão exportados para os caças Gripen NG suecos, o que vai fazer da AEL Sistemas um dos principais fornecedores globais da Saab.

A padronização dos programas, uma transferência de tecnologia do Brasil para o mundo, mostra um novo exemplo de transbordamento (ou "spillover effect") na parceria industrial. O modelo supera as expectativas da FAB no quesito aumento da capacidade da indústria nacional, um dos grandes objetivos do programa de desenvolvimento do novo caça incentivado pela força aérea.

De acordo com a Saab, a decisão da Suécia de optar pelo padrão brasileiro ocorreu após inúmeras sessões de treinamento dos pilotos suecos em simuladores equipados com WAD da versão brasileira. A conclusão foi que a apresentação de dados recebidos e exibidos em um sistema de tela única era uma solução melhor a anterior, que utilizava múltiplas telas menores.

O sistema é composto pelo Wide Area Display (WAD), o Head-Up Display (HUD) e Helmet Mounted Display (HMD). O WAD é um sistema inteligente e redundante, com tela panorâmica (19 x 8 polegadas) de alta resolução, que permite exibir uma imagem contínua em toda a sua extensão, e é capaz de receber entradas de teclas multifuncionais, touch screen ou interfaces externas. É a principal fonte das informações de voo e missão na cabine de piloto, aumentando a consciência tática do piloto.

O HUD, por sua vez, é um display com amplo campo de visão que fornece ao piloto as informações essenciais de voo e de missão diretamente na parte frontal superior do cockpit. Já o HMD, que também integra o pacote tecnológico, é um capacete que permite ao piloto ver os dados e as imagens dos alvos reais e virtuais, adicionando funcionalidades que aumentam as capacidades de julgamento e consciência do piloto sobre o quadro em que se encontra.