Preloader

Sociedade

Após cancelar Nobel de Literatura, Academia Sueca vai entregar os prêmios de 2018 e 2019

terça-feira, 5 de março de 2019
Após cancelar Nobel de Literatura, Academia Sueca vai entregar os prêmios de 2018 e 2019

O conselho de diretores da Fundação Nobel, responsável pelo prêmio de literatura, prepara o anúncio, em outubro, de dois vencedores - um relativo a 2018 e outro referente a este ano. A informação foi dada pelo jornal sueco Dagens Nyheter nesta terça-feira (5/3).

No ano passado, a Fundação Nobel cancelou a entrega do prêmio dado aos escritores depois que foram revelados casos de escândalo sexual envolvendo o dramaturgo Jean-Claude Arnault, que, além disso, também teria vazado o nome de sete nomes de ganhadores do Nobel de Literatura. O dramaturgo, casado com Sara Danius, agora ex-integrante da Academia Sueca, é uma conhecida personalidade da cultura francesa e tinha vínculos estreitos com a academia.

LEIA TAMBÉM:
Por que o Nobel da Paz é entregue em Oslo e os demais, em Estocolmo

A crise explodiu com uma reportagem publicada pelo Dagens Nyheter na qual 18 mulheres denunciaram ter sofrido assédio e violência sexual de um intelectual francês, Jean-Claude Arnault, casado com uma acadêmica sueca e presidente de um centro cultural financiado pela própria Academia. 

Sara Danius contratou um escritório de advocacia para uma investigação interna, o que provocou uma forte reação dentro da Academia. O escândalo revelou um mundo marcado pelo uso de grandes quantias de dinheiro, rivalidades dignas de uma corte e várias denúncias à cultura de silêncio que protegeu Arnault. O francês de 72 anos foi condenado a dois anos de prisão por um estupro cometido em 2011 e que só veio a público no contexto do movimento #MeToo.

O Nobel de Literatura, assim como os de outras categorias, já deixou de ser entregue em outras ocasiões, mas fazia tempo que a suspensão não ocorria. Em 2018, foi a primeira vez que o Nobel não foi concedido desde 1949.