Preloader

Inovação

Com o 5G ainda engatinhando no planeta, Finlândia já mergulha na telefonia 6G

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019
Com o 5G ainda engatinhando no planeta, Finlândia já mergulha na telefonia 6G

A rede de telefonia 5G ainda não começou a ser comercializada em grande escala em nenhum lugar do mundo, mas a Finlândia não quis esperar: de maneira pioneira, o país já dá os primeiros passos no desenvolvimento da tecnologia 6G, que deve oferecer transmissão de dados a uma velocidade até dez vezes maior do que a da ainda incipiente 5G.

Há pouco menos de um ano, em abril de 2018, a Academia da Finlândia (ou, em finlandês, Suomen Akatemia), órgão público de fomento de pesquisas científicas, anunciou o financiamento do "6Genesis", um programa de estudos sobre a tecnologia com duração prevista de oito anos. O programa foi organizado sob o guarda-chuva do Centro de Comunicação Sem Fio, um núcleo de ponta da Universidade de Oulu, já reconhecida como um centro de excelência no desenvolvimento da rede 5G, como registra a revista PCMag

LEIA TAMBÉM:
Aeroporto da Finlândia é o primeiro do mundo a oferecer conexão 5G
O fim de uma era na Finlândia: a dos telefones fixos

Agora, em mais um passo de evolução desses esforços, acaba de nascer o programa 6G Flagship Ecosystem. Em comunicado, Matti Latva-aho, diretor do programa e professor da Universidade de Oulu, explica que o 6G Flagship Ecosystem terá de cinco a seis parceiros estratégicos e um time formado por até 100 colaboradores. Além da Universidade de Oulu, o grupo terá Aalto University, VTT Technical Research Centre of Finland e o Joint Center for Future Connectivity, criado pela Nokia Bell Labs, o centro de pesquisas da empresa, e a Universidade de Oulu.

É claro que os finlandeses não estão sozinhos na corrida pelo desenvolvimento da rede 6G: americanos, russos e chineses, além de outros países europeus, também já trabalham nas pesquisas sobre a tecnologia. Mas é certo que os finlandeses estão adiantados nos esforços. Em março, por exemplo, entre os dias 24 e 26, o país vai realizar a primeira conferência do mundo sobre a telefonia 6G. O encontro será em Levi, na Lapônia finlandesa, no norte do país.

"A Finlândia é uma precursora global no desenvolvimento de tecnologias sem fio, o que faz do país um bom lugar para investimentos em telecomunicações e pesquisa", diz, em comunicado, Arto Pussinen, diretor de indústria, TI e digitalização da Business Finland, agência de promoção empresarial ligada ao Ministério da Economia finlandês.

A conferência inédita servirá para discutir temas como os principais desafios do 6G, possíveis aplicações e elaboração de requisitos técnicos. O programa terá palestrantes nacionais e estrangeiros que têm liderado pesquisas para o desenvolvimento das redes 5G e 6G em todo o mundo. Tanto melhor que o evento será no resort de Levi, uma concorrida estação finlandesa de esqui.