Preloader

Sociedade

Princesa Madeleine, da Suécia, escreve livro para estimular empoderamento infantil

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019
Princesa Madeleine, da Suécia, escreve livro para estimular empoderamento infantil

Na Suécia, a monarquia também tem agora uma escritora. A princesa Madeleine apresentou nesta semana a capa de seu primeiro livro infantil, com lançamento previsto para junho. "Estou muito animada para finalmente compartilhar com vocês um livro que mostrará às crianças como é importante defender-se e dizer a alguém quando algo não parece certo, escreveu ela em sua conta no Instagram.

Batizada de Stella och hemligheten (ou "Stella e o segredo", em tradução livre), a obra, que será lançada em sueco, é mais uma iniciativa da monarca voltada à melhoria da vida das crianças. O livro chegará ao mercado com o apoio da World Childhood Foundation, organização fundada em 1999 pela rainha Silvia, mãe de Madeleine, como registra a revista Hello!. A entidade trabalha com iniciativas de prevenção ao abuso contra crianças e financia a compra de materiais de uso em sala de aula, programas de assistência psicológica e serviços jurídicos para crianças na Suécia e em outras partes do mundo.

A partir de seu envolvimento com a World Childhood Foundation, a princesa Madeleine - que, na capa do livro, se apresenta apenas como Madeleine Bernadotte - foi uma das mentoras da campanha de conscientização ThankYou, lançada em 2012 para reforçar a prevenção contra o abuso e exploração de crianças. Madeleine, de 36 anos, tem ainda trabalhos com a Unicef, braço das Nações Unidas voltado à defesa dos direitos das crianças, e é patrona da Min Dora Dag, fundação sueca que cria iniciativas para realizar sonhos de crianças.

A princesa não está sozinha no projeto. Karini Gustafson-Teixeira, amiga de Madeleine e sua parceira em vários dos projetos assistenciais, contribuiu com ideias para a obra, para a qual elas contaram com o apoio de Marie Oskarsson, experiente autora de livros infantis. A ilustradora Stina Lövkvist criou as imagens.

Para além de seu trabalho assistencial, a agora autora tem inspiração também em casa: ela é mãe de Leonore, de quatro anos, Nicolas, de três e Adrienne, de apenas dez meses.