Netflix abre escritório na Suécia para ampliar produção própria local 

0
24
Netflix abre escritório em Estocolmo ara ampliar conteúdo próprio na região. (Foto: Netflix)

Com produções populares não apenas nos países escandinavos, a Netflix quer ampliar a oferta de conteúdos originais da região. Para isso, a plataforma de streaming deve inaugurar no segundo semestre de 2021, um escritório em Estocolmo, Suécia. Segundo informações da Netflix, quase dois terços dos assinantes do serviço em todo o mundo já assistiram a um filme ou série nórdica original, o que mostra a qualidade e o interesse por essas produções. 

Com a base na Suécia, a plataforma de streaming espera fortalecer e ampliar parcerias criativas e culturais na Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia e Islândia. Desta forma, mais série e filmes sobre a região devem ser produzidos. A notícia sobre o escritório foi revelada no blog de Lina Brouneus, diretora de coprodução e aquisição de filmes da Netflix. 

“Agora é a hora de nos aproximarmos ainda mais de nossos membros, criadores, cineastas, parceiros e comunidades culturais em todos os países nórdicos (…) para apoiar ainda mais a região e refletir a diversidade de talentos com que trabalhamos, também teremos uma pequena equipe de funcionários da Netflix baseada em um escritório satélite em Copenhague ”, disse Brouneus. 

De acordo com Brouneus,  os países nórdicos foram os primeiros territórios internacionais onde a Netflix começou a fazer programas originais e vem desenvolvendo relacionamentos com talentos criativos na Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia e Islândia nos últimos nove anos.

Os originais da empresa na região incluem Quicksand, Love & Anarchy e Snabba Cash, as séries norueguesas Ragnarok e Home for Christmas, três temporadas de The Rain e a série recém-anunciada The Chestnut Man na Dinamarca e, no final deste ano, Katla, a série de suspense de ficção científica de Baltasar Kormakur da Islândia.

No ano passado, a Netflix entregou Cadaver, o primeiro filme da Netflix dos países nórdicos, e aumentará suas ofertas de filmes com vários títulos já programados para serem lançados em breve, incluindo Dancing Queens, Vinterviken, Against the Ice, Troll e  Black Crab.

Até o fim deste ano, a Netflix deve chegar a 70 títulos originais produzidos em países escandinavos, incluindo filmes e séries que foram apreciados por mais de 4 milhões de membros em toda a região e de outros locais do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui