Na Noruega, carros elétricos já representam 54% das vendas

0
116
País está avançado na sua meta de somente vender veículos não poluentes em 2025 (Foto: Transport&Environment)

A Noruega bateu mais um recorde sustentável ano passado: os carros elétricos representaram 54% do mercado no ano passado, colocando o país nórdico como líder na corrida para tornar o transporte mais limpo. Em 2019 este percentual estava em 42%.

Ao incluir na conta veículos híbridos, que funcionam tanto a bateria elétrica como combustíveis fósseis, o percentual das vendas do ano passado vai a 83%. Segundo as autoridades locais, os carros movidos exclusivamente a gasolina em 2017 representavam 71% das vendas, já no ano passado somaram apenas 17%.

O país, com os resultados do ano passado, está à frente do cronograma proposto pelo próprio país. O projeto prevê que em 2025 todos os carros vendidos no país sejam com emissão zero, ou livre de combustíveis fósseis. O país tem uma série de incentivos fiscais para atingir este objetivo. Outras nações, como o Reino Unido seguem seu modelo, mas com metas mais distantes, como 2030.

Os incentivos tornam a compra da maioria dos modelos de veículos elétricos mais barata do que modelos similares a gasolina, de acordo com a Associação Norueguesa de Veículos Elétricos. Os compradores desfrutam de outros incentivos, incluindo o uso de faixas de ônibus e taxas reduzidas em balsas estaduais e estradas com pedágio.

Os dados de vendas de carro também mostram mudanças no negócio. No ano passado a Volkswagen superou a Tesla como maior vendedor de carros elétricos no país nórdico. A Noruega tem 10.000 pontos de carregamento disponíveis ao público, de acordo com a Norwegian Electric Vehicle Association.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui