Início Inovação Na Suécia, a comida do futuro cresce em uma colônia marinha

Na Suécia, a comida do futuro cresce em uma colônia marinha

Que os países nórdicos estão sempre na vanguarda quando o assunto é desenvolvimento sustentável todos sabem. Dessa região surgem as principais iniciativas no sentido de reduzir os impactos da ação humana sobre o clima, além de boas ideias para o enfrentamento do problema. Dessa vez a ideia é ousada, mas já conta com muitos entusiastas e a pesquisa está adiantada: em Kivik, na Suécia, canteiros flutuantes “florescem” com os alimentos do futuro. No Centro Marinho do município de Simrishamn, há um jardim flutuante de especiarias.

Apesar de inicial, o programa já conta com importantes contribuições, como a tese de doutorado da especialista em oceano Josefine Larsson, além de todo o suporte dentro do Centro Marinho de Simrishamn.

O projeto consiste em preparar canteiros flutuantes, onde são produzidas algas marinhas totalmente comestíveis. Bladderwrack, também chamada de alga marinha bola, é uma alga marrom. No século 19, eram colocadas na banheira para esfregar na pele, considerada boa para o fluxo sanguíneo.

Jan Nilsson, um dos responsáveis pelo projeto, avalia como fundamental ações como essas, tendo em vista que 70% das superfície é coberta por água.

“Devemos repensar nossa produção de alimentos. No futuro, acho que tiramos muito do mar. Provavelmente teremos larvas e insetos e faremos bifes. Nossos netos podem não conseguir comprar nenhum bife de verdade, mas será um bife de inseto com boas algas tubulares retiradas do mar.

E como bons pesquisadores, já existem até receitas com essas algas. Que tal um petisco de algas tubulares? Para preparar, basta fritar as algas em um frigideira com manteiga por até 15 segundos, caso passe desse tempo terá algas mais crocantes. Depois de prontas tempere com sal e pimenta e experimente um sabor do futuro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia também

direito ao esquecimento bandeira da Suécia

“Direito ao esquecimento” faz Google levar multa recorde na Suécia

0
Na última semana, o descumprimento do chamado "direito ao esquecimento" fez o Google levar uma multa sem precedentes na Suécia. Com base em uma...
- Publicidade -