Islândia terá primeira planta de armazenagem e eliminação terrestre de CO2 do mundo

0
13
Inovação para eliminar CO2. (Foto: Carbfix Iceland ohf.)

Com o mundo cada vez mais focado em soluções para redução do aquecimento global, novos projetos e ideias surgem para tentar amenizar os problemas mundo afora. Na Islândia, um projeto inédito já está em estágio avançado: trata-se da construção da primeira instalação mundial para o armazenamento e eliminação de dióxido de carbono (CO2) em uma unidade terrestre. Localizada no Sudoeste do país nórdico, o chamado Terminal Coda, receberá CO2 do das indústrias do Norte da Europa por navio, além de processar os materiais de organizações locais e o CO2 capturado diretamente do ar.

“O Terminal Coda lançará uma nova indústria amiga do clima baseada em soluções inovadoras e ação climática em grande escala”, afirma Edda Sif Pind Aradóttir, CEO da Carbfix.

O processo consiste em injetar o CO2 em rocha basáltica, onde rapidamente se transforma em pedra por meio da tecnologia desenvolvida pela Carbfix.  Segundo a empresa, o Terminal Coda garantirá o armazenamento anual de três milhões de toneladas de dióxido de carbono e a expectativa é que sejam gerados 600 empregos – direta e indiretamente.

Além de inovar no processo de armazenagem e eliminação de CO2, o projeto garante o transporte sustentável de todo o material nos países vizinhos. Isso porque os navios que farão essa operação foram projetados especificamente para essa ação e eles são movidos a combustível sustentável.

“Ao receber CO2 de países vizinhos para armazenamento permanente de minerais, a Islândia assume um papel pioneiro na Europa. O transporte de CO2 para a Islândia é possibilitado pelos baixos custos associados ao armazenamento de minerais em terra. Na verdade, o Terminal Coda será o primeiro projeto de armazenamento geológico em grande escala na Europa realizado em terra”, destacou a empresa em seu comunicado.

A planta entrará em operação em 2025 e deverá atingir sua capacidade total até 2030.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui