Início Sociedade Groenlândia impõe restrição extra na quarentena: a de bebidas

Groenlândia impõe restrição extra na quarentena: a de bebidas

Controlada pela Dinamarca, a ilha proibiu a venda de álcool para conter os casos de violência contra crianças, historicamente altos no território

A Groenlândia deu um passo adiante nas restrições impostas para combater o coronavírus ao proibir também a venda de bebidas alcoólicas. A medida foi anunciada no último sábado (28/3) e deve se estender até pelo menos o dia 15 de abril.

Por trás da decisão está um dado triste sobre a vida na ilha, um território semiautônomo controlado pela Dinamarca: os altos índices de violência contra crianças. Segundo o governo groenlandês, os casos de agressão doméstica cresceram desde que as escolas da ilha foram fechadas, no dia 23 de março.

Na quarentena do coronavírus, a venda de bebidas alcoólicas foi proibida em Nuuk, a capital da Groenlândia, e também nos vilarejos de Kapisillit e Qeqertarsuatsiaat. “Diante do quadro atual, precisamos tomar inúmeras medidas para evitar mais contaminações”, disse o primeiro-ministro Kim Kielsen. “Mas, no centro da minha decisão, está a proteção das crianças. Elas precisam ter um lar seguro.”

Combate a abusos na infância

Segundo o jornal britânico The Guardian, quase um terço das pessoas que vivem na Groenlândia sofreu abuso sexual durante a infância. Especialistas vinculam esse número elevado ao consumo abusivo de álcool e drogas e também ao desconhecimento sobre os direitos das crianças. O governo já criou um programa que tem como objetivo erradicar o abuso sexual de menores até 2022.

Até o dia 3 de abril (sexta-feira), a Groenlândia havia registrado dez casos de covid-19, a infecção respiratória causada pelo novo coronavírus. O primeiro caso na ilha foi revelado no dia 16 de março. Para conter a disseminação, o governo proibiu reuniões com a participação de mais de dez pessoas, interrompeu o tráfego aéreo e, desde 13 de março, está com suas fronteiras fechadas para a entrada de estrangeiros que não tenham residência fixa na ilha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia também

direito ao esquecimento bandeira da Suécia

“Direito ao esquecimento” faz Google levar multa recorde na Suécia

0
Na última semana, o descumprimento do chamado "direito ao esquecimento" fez o Google levar uma multa sem precedentes na Suécia. Com base em uma...
- Publicidade -