Início Turismo e Cultura Com a pandemia, Vappu, o “Carnaval” da Finlândia, vira festa online

Com a pandemia, Vappu, o “Carnaval” da Finlândia, vira festa online

No feriado de 1º de maio, além de homenagear os trabalhadores, o país celebra o início da primavera com uma de suas festas mais tradicionais

Na Finlândia, o feriado de 1º de maio, que homenageia os trabalhadores em todo o mundo, é também a data do Vappu, uma das maiores festas populares do país. Neste ano, por causa do coronavírus, não houve multidões nas ruas, mas isso não houve festa. A comemoração foi virtual – e também uma homenagem a quem tem trabalhado em serviços essenciais durante a pandemia.

No Vappu, uma espécie de Carnaval local, os finlandeses comemoram a chegada da primavera com desfiles de rua, piqueniques, balões coloridos e festas de todo tipo. Em casa ou em público, as pessoas usam chapéus brancos; o adereço, típico das cerimônias de formatura do ensino médio, é um dos elementos mais característicos dessa data.

As pessoas foram incentivadas a comemorar em suas casas – e o apelo foi atendido. “Este foi o 1º de maio mais tranquilo da minha carreira de 40 anos na polícia. O nível de respeito dos cidadãos às instruções e recomendações foi uma agradável surpresa”, disse Ari Järvenpää, superintendente do Conselho Nacional de Polícia.

Em vez de concertos em praça pública, a população pôde acompanhar apresentações ao vivo pela TV, transmitidas pela emissora pública Yle. Na data, cada partido político também mantém a tradição de fazer um discurso público. Neste ano, as falas ocorreram via Facebook e Youtube.

Homenagem com bandeiras hasteadas 

Hastear a bandeira em homenagem a finlandeses de destaque é outra das tradições da Finlândia que foi adaptada ao Vappu dos tempos do coronavírus. Neste 1º de maio, uma das 20 datas em que o hasteamento ocorre ao longo do ano, o país homenageou todos os trabalhadores que estão na linha de frente de combate à pandemia.

O reconhecimento não foi apenas aos profissionais da saúde. Além deles, o hasteamento também homenageou policiais, membros da guarda de fronteira, professores, funcionários públicos dos setores de transporte e limpeza e caixas de supermercado, entre outras profissões.

Até as figuras um tanto fantasmagóricas de uma famosa – e misteriosa – obra de arte da Finlândia ganharam um tema próprio no Vappu deste ano. Os cerca de 500 bonecos de madeira que compõem a instalação As Pessoas Silenciosas receberam balões coloridos para marcar a data.

Instalada ao lado de uma rodovia em perto de Suomussalmi, na província de Oulu, na região central do país, a obra lembra um campo cheio de espantalhos. Ninguém sabe ao certo o significado da obra, criada em 1994 pelo artista Reijo Kela. Mas, neste ano, os balões coloridos do Vappu da pandemia deram um sentido bem claro a ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia também

direito ao esquecimento bandeira da Suécia

“Direito ao esquecimento” faz Google levar multa recorde na Suécia

0
Na última semana, o descumprimento do chamado "direito ao esquecimento" fez o Google levar uma multa sem precedentes na Suécia. Com base em uma...
- Publicidade -