Em novo projeto, islandeses vão se transformar em guias turísticos remotos

0
56

Um projeto lançado pela companhia aérea Icelandair transforma em guias turísticos os próprios habitantes do país. Com a iniciativa, a empresa fará a ponte entre os visitantes estrangeiros e os islandeses dispostos a ajudá-los a se informar sobre pontos turísticos e atrações a serem visitadas na viagem.

Batizada de "Buddy Hotline", a linha de apoio permite que os passageiros da Icelandair entrem em contato com um morador do país para pedirem conselhos sobre como planejar a viagem, quais os melhores destinos e dicas que só um islandês poderia dar. A ideia não foi casual: de acordo com um estudo elaborado pela companhia aérea, 68% dos passageiros têm interesse em ouvir dicas dos habitantes locais para planejar sua própria viagem e 43% dizem gostar de fazer compras no local de destino de uma forma mais sustentável. 

LEIA TAMBÉM:
– "Alugue um finlandês": como é o novo programa do país para atrair turistas
– Ilhas Faroe, da Dinamarca, vão "fechar para manutenção" – mas receberão voluntários
– Com aurora boreal, Islândia enfrenta um problema: os turistas querem dirigir e olhar para o céu
– Gotemburgo, na Suécia, é o destino turístico mais sustentável do mundo; veja ranking
– O que faz da Islândia o destino turístico mais seguro do mundo

Segundo a revista Lonely Planet, os turistas poderão fazer contatos com seus guias voluntários tanto por telefone quanto por meio de um chat online. A ideia é que os moradores locais apresentem sugestões como os melhores restaurantes do país, quais piscinas geotermais deve-se visitar ou qualquer outra curiosidade que o turista queira esclarecer. De acordo com a Icelandair, esses guias de viagem são "inteligentes, bem-informados e apaixonados pela ideia de promover o turismo responsável no país".

Nos últimos 15 anos, o turismo tornou-se um dos principais motores da economia islandesa. Em 2018, o país recebeu 2,3 milhões de visitantes estrangeiros, o que marcou um novo recorde histórico – o crescimento em relação ao ano anterior foi de 5,5%. A proporção de turistas que a Islândia recebe em relação ao tamanho de sua população é uma das mais altas do mundo: são mais de seis turistas para cada habitante, segundo um índice criado pela empresa de turismo australiana Intrepid.

Se você pretende usar o serviço criado pela Icelandair, é bom não esperar muito. A "Buddy Hotline" estará disponível até o próximo dia 8 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui