Elétricos lideram pela primeira vez as vendas de carros novos na Noruega

0
100

Pela primeira vez, as vendas de carros novos elétricos realizadas na Noruega superaram as dos modelos convencionais, movidos a derivados de petróleo, segundo uma pesquisa oficial divulgada nesta segunda-feira (1º/4). A revelação coincidiu com a abertura da pré-venda do Tesla Model 3s.

Em março, o país registrou 18.375 veículos novos. Desses, 10.728, ou 58,4%, eram carros elétricos, de acordo com o OFV, o conselho consultivo para o tráfego rodoviário da Noruega.

LEIA TAMBÉM:
– Até 2024, um em cada cinco finlandeses pretende se desfazer de seus carros
– Conheça a Koenigsegg, a fabricante sueca de supercarros que quer desbancar a Ferrari
– Na luta contra mudanças climáticas, Dinamarca compra carros velhos para tirá-los das ruas

Não é de hoje que os veículos elétricos caíram no gosto dos consumidores noruegueses, mas esta é a primeira vez que os modelos movidos a eletricidade assumem de fato a liderança na comercialização. O crescimento teve o impulso dos pedidos de pré-venda do Tesla Model 3, o modelo popular da empresa americana. Nos Estados Unidos, sua versão mais barata sai por US$ 35 mil.

“As pessoas estavam querendo o Model 3 há muito tempo, e agora ele enfim está chegando”, disse à agência AFP Pal Bruhn, diretor de estatísticas da OFV. Com o avanço dos pedidos de novos veículos, a empresa de Elon Musk conquistou em março 30% do mercado de carros novos no país.

Em sua política de emissão zero de gases poluentes, o governo norueguês estabeleceu que até 2025 terá 100% da frota de carros novos composta por modelos elétricos. Isso incluiu a adoção de uma série de regulamentações e subsídios para estimular os motoristas na aquisição de veículos que não agridam o meio ambiente.

Entre os benefícios, os carros elétricos pagam menos impostos do que os movidos à gasolina ou diesel, o que torna seus preços mais atrativos. Além disso, os proprietários desses veículos têm alguns privilégios, como estacionamento e recarga gratuitos em estacionamentos públicos e descontos nos pedágios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui