Início Inovação O curioso sucesso do finlandês no maior app de idiomas do mundo

O curioso sucesso do finlandês no maior app de idiomas do mundo

Com 300 milhões de usuários no planeta, a Duolingo acaba de lançar o curso de finlandês, o mais procurado desde que a plataforma surgiu

Com mais de 300 milhões de usuários, o Duolingo é o maior app de ensino de idiomas no mundo. A plataforma digital, formada por aplicativo, site e por aulas em outros formatos, oferece cursos de 38 línguas. O número é maior que o de qualquer outro concorrente, e o finlandês é a mais recente da lista. O idioma acaba de estrear na plataforma com um status que não deixa de ser surpreendente: o de mais procurado desde que a Duolingo surgiu, em 2011.

O finlandês começou a ser oferecido aos usuários no último dia 24 de junho. Em menos de uma semana, mais de 50 mil pessoas já haviam se registrado para começar a aprender a língua. A opção é apenas para quem fala inglês. Para quem opta por lições em português, os idiomas disponíveis são espanhol, francês, alemão, italiano e esperanto, além de inglês.

Mas por que uma língua de uso restrito, como o finlandês, acabou sendo tão procurada? Segundo a plataforma, o fato de o idioma ser considerado “difícil” é um dos motivos para a alta procura. Boa parte dos interessados no curso é formada por estrangeiros que moram na Finlândia e querem se adaptar melhor à vida local. Dos 50 mil inscritos nos primeiros quatro dias, 38% eram estrangeiros que já residem no país.

Tolkien e o unicórnio

Mas havia ainda uma demanda reprimida em outra frente, e tão curiosa quanto o sucesso do finlandês na plataforma: a dos fãs do escritor britânico J.R.R. Tolkien. Também um estudioso de idiomas, o autor de livros como O Senhor dos Anéis e O Hobbit usou o finlandês como base para criar o quenya, uma das línguas fictícias que aparecem em suas obras. Não há números específicos sobre esse nicho, mas, ao longo do anos, o app de idiomas registrou muitos pedidos de gente que demonstrava interesse em aprender finlandês por causa de Tolkien.

A Duolingo, que se tornou um unicórnio (startup avaliada em mais de US$ 1 bilhão) no fim do ano passado, foi criada nos Estados Unidos por Luis von Ahn, um empreendedor nascido na Guatemala e que já tinha um histórico de iniciativas de sucesso no mercado de tecnologia. Uma delas é o CAPTCHA, teste gerado por computador que é usado para que uma pessoa ateste que é um robô. Esses testes são usados como uma camada de segurança no acesso a produtos e serviços digitais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia também

direito ao esquecimento bandeira da Suécia

“Direito ao esquecimento” faz Google levar multa recorde na Suécia

0
Na última semana, o descumprimento do chamado "direito ao esquecimento" fez o Google levar uma multa sem precedentes na Suécia. Com base em uma...
- Publicidade -