Da Suécia para o mundo: história do Spotify terá série na Netflix

0
70

O Spotify é um dos grandes exemplos da cultura de inovação empresarial que se desenvolveu na Suécia nas últimas décadas – e, agora, a trajetória do aplicativo de música e podcasts vai virar série. A Netflix, responsável pelo projeto, revelou neste mês que está trabalhando em um roteiro sobre a história do app sueco. A série ainda não tem data de lançamento prevista.

A produção, que pretende contar a trajetória de Daniel Ek e Martin Lorentzon no desenvolvimento da empresa, será baseada no livro Spotify Untold. A obra foi lançada em 2019 pelos jornalistas suecos Jonas Leijonhufvud e Sven Carlsson.

LEIA TAMBÉM:
– O novo plano da sueca Ikea: decorar casas extraterrestres
– Finlândia vai ensinar inteligência artificial aos países da UE
– Entrevista: a visão da sueca Storytel sobre os audiolivros no Brasil

Criado em 2006, o aplicativo engatinhou na Europa antes de chegar ao grande mercado americano, onde estourou em 2011. Ao longo de seu crescimento, o Spotify contou com investimento de Sean Parker, fundador do serviço de música Napster e ex-presidente do Facebook.

O livro também revela uma tentativa de Steve Jobs, o criador da Apple, de intimidar Ek por telefone e relata a presença no enredo de figuras como Mark Zuckerberg, do Facebook, o músico Jay-Z e Jimmy Iovine, cofundador da gravadora Interscope. Essas participações podem estar presentes na série, dando emoção adicional à trama. 

"A história de como um pequeno grupo de membros da indústria de tecnologia sueca transformou a música – como a ouvimos e como é feita – é realmente uma história para o nosso tempo", disse Berna Levin, produtora de filmes da Yellow Bird, em comunicado. "Não é apenas uma história sobre como todas as nossas vidas mudaram na última década, mas também uma batalha pela influência cultural e financeira em um mundo digitalizado e globalizado."

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui