Início Turismo e Cultura Conheça a cidade sueca que só tem Carnaval a cada quatro anos

Conheça a cidade sueca que só tem Carnaval a cada quatro anos

Em Lund, estudantes voluntários organizam a versão local da festa, que ocorre em maio, existe há mais de 170 anos e reúne mais de 400 mil pessoas

Ao contrário do que creem muitos brasileiros, o Carnaval não é exclusividade nacional. A lista de carnavais famosos inclui o Mardi Gras, em Nova Orleans (EUA), e os de Santa Cruz de Tenerife (Espanha), Veneza (Itália) e Barranquilla (Colômbia). Também há versões do evento na Escandinávia, geralmente realizadas em maio, durante a concorrida temporada de festas da primavera. Centenas de milhares de pessoas vão às ruas de cidades como Copenhague e Aalborg (ambas na Dinamarca) e Hammarkullen (Suécia) para esses carnavais – em que, sim, há samba, mas também outros ritmos.

Na região, um dos mais antigos é o Lundakarnevalen – ou, literalmente, Carnaval de Lund, cidade de pouco mais de 90 mil habitantes localizada na província de Scania, no extremo sul da Suécia. Criada há mais de 170 anos, a festa adotou um formato que a diferencia das de outras partes do mundo: ela só ocorre a cada quatro anos.

O Carnaval de Lund atrai cerca de 400 mil pessoas a cada edição. Ele é um misto de festival de música, desfile popular e encontro cultural, com peças de teatro, shows de comédia, atrações infantis e até ópera ao ar livre. Toda edição tem um tema central, que dá o tom da programação e da decoração da cidade.

Segundo registros oficiais, a festa surgiu em 1849 para celebrar a chegada da primavera, um tradição em muitos países do hemisfério norte. Ainda que o Carnaval local tenha se transformado ao longo dos anos, já no século 19 ele adotou essa periodicidade peculiar.

Estudantes comandam a organização da festa

Outra característica que torna o Carnaval da cidade único é que ele é totalmente organizado pelos estudantes da Universidade de Lund. Fundada em 1666, a universidade é uma das mais importantes da Suécia e também uma das mais antigas do norte da Europa. Mais de 5 mil estudantes atuam como voluntários na organização do evento.

Os alunos participam também dos preparativos do desfile de carros alegóricos, que são ornamentados de acordo com o tema da festa para aquele ano. A parada é uma das atrações gratuitas do evento. (A festa segue com caráter amador e o trabalho é feito inteiramente por voluntários, mas há cobrança de ingresso para algumas das atrações.)

Com três dias de duração, o Lundakarnevalen segue a frequência das Copas do Mundo de futebol, o que significa que ele só retornará em 2022. Mesmo distante, o site oficial do evento já tem uma contagem regressiva acionada. Nesta sexta-feira, dia 21 de fevereiro, quando começou oficialmente o Carnaval no Brasil, o contador marcava 816 dias até o próximo Carnaval de Lund. A preocupação com os detalhes talvez dê mostras da ansiedade com a chegada da festa: o relógio exibe até quantas horas, minutos e segundos faltam para a próxima edição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia também

direito ao esquecimento bandeira da Suécia

“Direito ao esquecimento” faz Google levar multa recorde na Suécia

0
Na última semana, o descumprimento do chamado "direito ao esquecimento" fez o Google levar uma multa sem precedentes na Suécia. Com base em uma...
- Publicidade -